Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Clube de Libras

Área do conteúdo

Pilares da Aprendizagem Cooperativa aplicados nos encontros do Clube de Libras

Data de publicação: 3 de maio de 2021. Categoria: Aprendizagem Cooperativa

Autoria: Karen Clark e Hermany Vieira
Atualização: 7.setembro.2021

#PraCegoVer #PraTodosVerem – descrição: figura dos Pilares da Metodologia da Aprendizagem Cooperativa aplicados ao Clube de Libras UFC, incluindo os elementos: História de Vida, Interdependência Positiva, Responsabilidade Pessoal, Interação Promotora, Habilidades Sociais e Processamento de Grupo.

A Metodologia da Aprendizagem Cooperativa foi adotada pelo Projeto Clube de Libras UFC por viabilizar um ambiente de desenvolvimento pessoal ao mesmo tempo que atenta para o grupo como um todo. Esta metodologia tem as seguintes características:
► trabalha-se uma meta comum, todos em prol de uma meta;
► é planejada para fornecer incentivos aos membros de um grupo a fim de que eles participem no esforço do grupo; e
► quanto mais positiva a atitude do participante para com o seu clube, maior é a probabilidade de permanecer e participar plenamente no aprendizado da Libras (paráfrase de JOHNSON, JOHNSON, SMITH; 2010).

Imagem: irmãos Roger e David Johnson

A Metodologia da Aprendizagem Cooperativa foi elaborada por dois irmãos norte-americanos: David e Roger Johnson. Ambos, quando crianças, trabalhavam na fazenda da família, e desde cedo sentiram a praticidade da atuação coletiva cooperativa em prol de uma meta.

Imagem: Manoel Andrade Neto

No Brasil, a adotar esta metodologia no Ceará, o cearense Manoel Andrade Neto elaborou uma ‘perspectiva’, a ‘História de Vida’, a qual se alinha com os pilares que a teoria original dos irmãos Johnson propõe.

A seguir, são demonstrados os pilares da Metodologia Aprendizagem Cooperativa, em conjunto com a perspectiva ‘História de Vida’, com suas respectivas aplicações nos encontros do Projeto Clube de Libras UFC.

 

» História de Vida
► Baseia-se na importância de um conhecimento mútuo entre os participantes, a fim de que as interações fluam melhor, e que haja sempre um sentimento de respeito e solidariedade entre todos.
► Muito eficaz pra gerar empatia entre os participantes. Conhecer o(a) outro(a) toca o senso de humanidade de todos – um lembrete que cada um(a) tem sua história.

.

» Interdependência Positiva
Em várias situações, a interdependência positiva (cooperação) provou ser mais útil para o aprendizado do que a interdependência negativa (competição) e a neutra (individualismo). Kafka compreendeu isso estudando as relações interpessoais. Para ele, ou nadamos juntos, ou afundamos juntos. Mais uma vez, tem-se a ideia de uma meta coletiva: “vamos chegar lá, juntos“.

.

» Responsabilidade Individual
► Cada um(a) deve ter um senso de autorresponsabilidade com o próprio aprendizado, esforçando-se para:
» realizar as ATIVIDADES RECOMENDADAS;
» ser pontual e assíduo(a); e
» ter foco durante os encontros.
► Tanto no cumprimento das próprias responsabilidades, como ao ajudar o(a) outro(a), a meta coletiva está sempre em vista.

.

» Habilidades Sociais
O ambiente acolhedor e incentivador proporcionado pela Aprendizagem Cooperativa contribui para que os participantes tenham empatia, colaborem mutuamente entre si, saibam pedir ajuda, aprendam a resolver conflitos, busquem o consenso, respeitem os demais nas tentativas e erros deles, dentre outras importantes habilidades sociais.

.

» Interação Promotora
O contato ‘face a face digital’ entre líder e participantes e entre participantes entre si primará pela boa convivência, com feedbacks construtivos, elogios e palavras de incentivo para o aprendizado – cada um(a) aprendendo a valorizar o trabalho do outro. As sugestões são emitidas com base, com critérios.

.

» Processamento de Grupo
É um tempo de auto avaliação e avaliação das ações do grupo. QUE BOM (do que foi planejado fazer, o que deu certo?); QUE PENA (o que não deu certo? Horário, conteúdo, tempo de trabalho etc.); e QUE TAL (o que e como devemos mudar) é uma forma simplificada de avaliação. Verifica-se também o nível de envolvimento pessoal e do grupo. DEVE SER REALIZADO EM TODOS OS ENCONTROS. Cada encontro tem uma ‘Atividade’ correspondente no Google Classroom, e é no Mural desta ‘Atividade’ que os registros são feitos, logo após o encontro.

.
.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS

► 1) LEITURA RECOMENDADA: A Aprendizagem Cooperativa retorna às Faculdades (neste link).

► 2) VÍDEO DA PARTICIPAÇÃO DO PROJETO CLUBE DE LIBRAS UFC NA MOSTRA DE EXTENSÃO DOS ENCONTROS UNIVERSITÁRIOS DA UFC 2020:


.
.
REFERÊNCIAS

BROCK PRIZE. David W. & Roger T. Johnson. 2007 Laureates. Disponível em: <https://brockprize.org/laureate/david-w-roger-t-johnson/>. Acesso em: 01 set. 2021.

CLUBE DE LIBRAS UFC. O projeto. Disponível em: <www.clubedelibras.ufc.br/projeto>. Acesso em: 01 set. 2021.

JOHNSON, David W.; JOHNSON, Roger T.; SMITH, Karl A. Cooperative Learning returns to college: what evidence is there that it works? Change: The Magazine of Higher Learning, p. 26-35, 25 mar. 2010. Disponível em: <https://doi.org/10.1080/00091389809602629>. Acesso em: 01 set. 2021.

STANDFORD. Manoel Andrade Neto. Lemann Center. Disponível em: <https://lemanncenter.stanford.edu/people/manoel-andrade-neto>. Acesso em: 01 set. 2021.

VIEIRA, Hermany Rosa. As contribuições da aprendizagem cooperativa para a formação humana e acadêmica dos estudantes de graduação da Universidade Federal do Ceará. 2019. 206f. Tese (Doutorado), Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza(CE), 2019. Disponível em: <http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45838>. Acesso em: 01 set. 2021.
.
.

Acessar Ir para o topo